A tattoo de Alison Habbal

A tattoo de Alison Habbal

Compartilhe

Já é praticamente um estilo de tatuagem essas que cobrem as marcas da mastectomia. Não é fácil porque cada seio _o que sobra dele(s)_ fica de um jeito após essa cirurgia que aleija o corpo, a alma e a sexualidade das mulheres mundo afora, daí que até o “desenvolver uma técnica” também é complicado. Uma coisa é certa: é preciso sensibilidade, empatia e muito talento. Junto com a demanda e o estilo, vem as tatuadoras e tatuadores especializados em dar uma vida nova a essas mulheres.

Foi o que aconteceu com Alison Habbal, australiana que após vencer o câncer de mama e passar pela mastectomia decidiu tatuar ao invés de fazer uma plástica para reconstruir o seio, e encontrou, ou melhor, escolheu a tatuadora neozelandesa Makkala Rose. “Durante o ano em que estive doente tinha sempre a ideia de me ver com o cabelo loiro e a tatuagem. O tempo todo em que estive doente fiquei pesquisando tatuadores na internet”, declarou à BBCMakkala criou um desenho floral exclusivo para Alison, e foi a Melbourne tatuar sua cliente. A sessão foi no início de julho, durou treze horas e foi bastante dolorosa. O resultado ficou incrível. E o sorriso dela ao posar com sua tattoo para publicar no instagram diz tudo.

Alison foi uma campeã em suportar uma sessão tão longa. Ela tinha muito claro o que queria, mas também me deu certa liberdade. Tatuar um seio é muito diferente de tatuar uma perna ou as costas. É um desafio desenhar algo que funcione nesta área“, disse Makkala Rose.

Alison

desenho floral criado exclusivamente por Makkala Rose para Alison Habbal (foto: reprodução/instagram)

Alison

tatuagem de Alison pronta, logo depois da sessão (foto: reprodução/instagram)

Alison Habbal com a filha Bessie (foto: reprodução/instagram)

Alison Habbal com a filha Bessie (foto: reprodução/instagram)

a tatuagem de Alison Habbal já cicatrizada (foto: reprodução/instagram)

a tatuagem de Alison Habbal já cicatrizada (foto: reprodução/instagram)

Compartilhe