As tatuagens do Coveiro Maldito

As tatuagens do Coveiro Maldito

Compartilhe

A ideia do personagem composto por tatuagens surgiu no tempo em que trabalhou no Instituto Médico Legal de São Paulo. Aos 27 anos o rapaz que esconde a verdadeira identidade atrás de uma máscara de látex coberta de maquiagem já tatuou 80% do corpo e pretende chegar ao rosto.

O projeto começou em 2010 quando o Coveiro Maldito entrou no estúdio do tatuador Jhon Tattoo em São Bernardo do Campo e disse “quero tatuar uma autópsia no meu corpo”. Jhon precisou de um tempo para entender qual o desejo de seu mais inusitado cliente, que é expor o órgãos, ossos e vísceras como se a pele fosse transparente. De certa forma é uma autópsia.

“Eu queria cada órgão no seu devido lugar. O coração no lugar do coração, as costelas no lugar de cada costela, tudo certinho. Quando vou ao médico ou fazer algum exame de laboratório o médico e os enfermeiros ficam me perguntando tudo. Eles ficam impressionados e dizem que está tudo no lugar certinho, é bem engraçado”, disse o Coveiro Maldito à reportagem do G1.

“Queria que a tatuagem ficassem bem realística. Aqui no Brasil ainda não há muito conhecimento da arte ‘from hell’, mas eu gosto bastante”, diz o Coveiro Maldito exibindo os desenhos de moscas, larvas, vermes, pontos que unem a pele rasgada/cortada e fraturas expostas.

O tatuador Jhon diz não fazer ideia de quantas foram as horas tatuando até cobrir 80% do corpo do Coveiro Maldito e nem o custo total. “Não dá para calcular, mas foram cerca de quatro sessões por mês”. Segundo o Coveiro “não tem fim”, e está tatuando agora uma fratura exposta na perna e retocando alguns desenhos, e afirma: “um dia eu ainda faço a tatuagem no meu rosto todo”.

o Coveiro Maldito (foto: Fabio Tito/G1)

o Coveiro Maldito (foto: Fabio Tito/G1)

tatuagens na barriga do Coveiro Maldito, com intestinos, insetos e vermes (foto: Fabio Tito/G1)

tatuagens na barriga do Coveiro Maldito, com intestinos, insetos e vermes (foto: Fabio Tito/G1)

Coveiro Maldito (foto: Fabio Tito/G1)

Coveiro Maldito (foto: Fabio Tito/G1)

(foto: Fabio Tito/G1)

(foto: Fabio Tito/G1)

os miolos na tatuagem do topo da cabeça (foto: Fabio Tito/G1)

os miolos na tatuagem do topo da cabeça (foto: Fabio Tito/G1)

Jhon Tattoo fazendo uma fratura exposta na perna do Coveiro Maldito, o desenho mais recente (foto: Fabio Tito/G1)

Jhon Tattoo fazendo uma fratura exposta na perna do Coveiro Maldito, o desenho mais recente (foto: Fabio Tito/G1)

O Mundo das Tatuagens já havia registrado o Coveiro Maldito na cobertura do Tattoo Week São Paulo de 2014, confira nas fotos do Cezar Reigada:

o Coveiro Maldito no TWSP 2014 (foto: Cezar Reigada/MdT

o Coveiro Maldito no TWSP 2014 (foto: Cezar Reigada/MdT

o Coveiro Maldito no TWSP 2014 (foto: Cezar Reigada/MdT

o Coveiro Maldito no TWSP 2014 (foto: Cezar Reigada/MdT

Compartilhe