Tatuagem é pecado?

Tatuagem é pecado?

Compartilhe

Sim. Não. Talvez. Depende de você.

Se você é adepto de uma religião que considera tatuagem um pecado e você está convicto de que sua religião é verdadeira e a segue, então, para você, tatuar é pecado. Se você segue sua religião de forma comedida, avaliando quais dogmas e imposições te servem, então, para você, talvez tatuar não seja pecado. Se para você nenhuma religião, nem mesmo a sua, pode determinar suas ações e atitudes ou reprimir seus desejos, então, não, para você tatuar não é pecado.

tattoo de Cristo em 3D nas costas do Murillo (foto: Mundo das Tatuagens)

tattoo de Cristo em 3D nas costas do Murillo (foto: Mundo das Tatuagens)

Algumas religiões podem ser administradas com comedimento nesse sentido, quando o código de valores dessa religião não é tão rígido e pode ser afrouxado com o tempo ou com a realidade na qual está inserido ou ainda simplesmente desrespeitado numa ou outra proibição sem que isso cause expulsão, execração pública ou ainda a excomunhão. Outras religiões, as mais antigas da humanidade, do período A.C., trazem já no seu código de valores impresso (Torá, Alcorão, Bíblia) proibições nas quais a tatuagem pode ser incluída. Leia aqui um resumo da série Tattoo x Religiões, onde pesquisamos o que dizem as principais religiões do mundo sobre tatuar a pele.

É recente a descoberta de que a tatuagem pode ter mais de 1300 anos, mas a popularização da tatuagem é recente, tem menos de 100 anos. E se pensarmos que até os anos 60 do séc XX tattoo era restrita a guetos (marinheiros, lutadores, artistas), estúdios de tatuagem não eram comuns e nem tatuador uma profissão reconhecida, essa popularização tem menos de 50 anos.

detalhe da tatuagem encontrada na múmia de 1300 anos, o símbolo do Arcanjo Miguel, provavelmente usado para proteção (foto: divulgação/Museu Britânico)

detalhe da tatuagem encontrada na múmia de 1300 anos, o símbolo do Arcanjo Miguel, provavelmente usado para proteção (foto: divulgação/Museu Britânico)

Tatuagem é pecado? Não e sim. Para a maior parte do mundo que se diz seguidora de uma fé ou religião (em números absolutos) deveria ser, porque assim determinam suas religiões. Apenas as religiões de matriz africana e fundamentadas na espiritualidade e que falam em reencarnação se importam menos com o corpo e o que é feito dele pelos fiéis. Judaísmo, Islamismo e Catolicismo (essas três abarcam mais de 70% da humanidade) proíbem tatuar. Os católicos se dividem entre os que levam ao pé da letra o que diz a Bíblia classificando a tatuagem como pecado e os que usam os mesmos trechos da Bíblia e a explicam historicamente, justificando porque tatuagem não é pecado.

tattoos cristãs muito populares entre os católicos (foto: montagem/reprodução)

tattoos cristãs muito populares entre os católicos (foto: montagem/reprodução)

Kardecismo, Umbanda e Candomblé facultam a decisão de tatuar ou não aos fiéis. O Evangelismo (veja o que diz a IURD com Edir Macedo, e a Assembleia de Deus com Silas Malafaia) tem posições conflitantes, não proíbe taxativamente e cada igreja e pastor orienta sua comunidade conforme o seu próprio código de valores. O Budismo e Hinduísmo são as únicas religiões, dentre as pesquisadas, que incentivam a tatuagem entre os fiéis; as duas chegam ao ponto de terem deidades e deuses tatuados.

ganesha_acala__

Ganesha (semi-deus hindu, primeiro filho de Shiva e Parvati, mestre do intelecto e da sabedoria e deus da boa fortuna) possui uma tattoo entre os os olhos e na tromba; Fudô Myoo (ou Acala, o destruidor da ilusão e o protetor do budismo), deidade budista, o mais conhecido dos Cinco Reis da Sabedoria do Reino do Ventre (foto: montagem/reprodução)

Fato é que mesmo quando há a clara proibição os fiéis desobedecem sua religião quando o assunto é tatuagem. Não são poucas as tattoos religiosas, inclusive essa é uma tendência bem expressiva nos últimos dez anos, que só faz crescer e já pode ser classificada como um estilo.

E para quem curte o gênero, além da página do site reunindo tattoos religiosas, escrevemos sobre o estúdio Razouk em Jerusalém (na parte velha da cidade), que funciona há mais de 300 anos tatuando cristãos ordoxos com imagens religiosas, e sobre o festival Sak YantTattoo no templo Wat Bang Phra na Tailândia tem como atração principal monges budistas tatuadores.

tatuagens cristãs ortodoxas feitas no estúdio Razouk (Jerusalém) em peregrinos

tatuagens cristãs ortodoxas feitas no estúdio Razouk (Jerusalém) em peregrinos

Tatuagem é pecado? Nos diga você.

Acesse aqui todos os posts da série Tattoos x Religiões.

Compartilhe