Remover tattoo dói e dá trabalho

Compartilhe

Bárbara Evans  que o diga.

Lembram da polêmica sobre as tattoos da moça? Sim, é assunto de 2013. Mas, a remoção completa dos desenhos dos antebraços de Bárbara ainda se estenderá por quase todo 2014.

bárbara 1

depois de apenas duas sessões de laser para remover suas tatuagens, a coroa parece estar bem mais clara (foto: divulgação/instagram)

Segundo a dermatologista Paula Bellotti, que está fazendo a remoção das tattoos de Bárbara, a moça acertou ao começar a remoção três dias depois de fazer a tatuagem. “Quanto mais se espera, mais a tinta vai penetrando na pele. Se a pessoa está com reação inflamatória não dá para fazer, mas se não tiver (reação), não tem problema”, explica. Um dos fatores que mais influenciam na hora de remover a tatuagem, segundo Paula, é a qualidade da tinta usada para fazer o desenho. E isso não pode ser percebido apenas olhando. “Na primeira e segunda sessão é que sentimos a tinta do paciente. Vemos como essa ela se comporta com o laser. Existem tintas que demoram mais, outras que são mais rápidas”, afirma ela, que é membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).

De acordo com a Dra. Paula, as tatuagens mais fáceis de retirar são as pretas e feitas em peles claras. “A tatuagem colorida demora mais. Costumo brincar que se você quiser fazer uma tatuagem, que faça uma preta”, diz. O número de sessões para remover tatuagens depende do tamanho do desenho. “São no mínimo seis sessões, mas pode chegar a 10 ou 12. Depende do tamanho e o que vai ser crucial é a tinta que pode ser utilizada”, diz. O intervalo entre as sessões é de um mês.

bárbara 3

os desenhos nos braços de Bárbara estão cobertos por esparadrapo (foto:divulgação/instagram)

Bárbara tem postado em seu instagram muitas fotos de biquini, no sol, e com a região tatuada coberta com esparadrapos (como na foto acima). Como manter os cuidados com a pele durante a remoção e curtir o verão e o sol? Uma outra dermatologista, Daniela Lemes também membro da SBD analisa os cuidados que Bárbara demonstra ter quando se expõe ao sol:

“No período em que se faz a remoção da tatuagem, o mais indicado é não se expor ao sol. No entanto, se houver exposição, o mais adequado é realmente usar o micropore, como fez Bárbara Evans. Como a pele está sensível devido às sessões de laser para remoção da tatuagem, é preciso ainda aplicar filtro solar com proteção 90 ou 100 na área antes do micropore, além de usar barraca para aumentar a proteção da pele contra os raios solares”.

Parece que Bárbara Evans segue apenas parcialmente as orientações que certamente devem ter sido passadas por sua dermatologista.

Quer saber mais sobre remoção de tatuagens? Confira aqui como se remove tatuagens e assista ainda a um vídeo de uma remoção a laser.

Veja ainda outras tattoos zoadas de celebridades.

Compartilhe