Cão é encontrado com tattoo de gangue

Compartilhe
cão

Petey foi resgatado e aguarda por adoção

Esse cão, um pit bull filhote de apenas nove meses, foi vítima de maus tratos em Los Angeles e agora espera pela adoção. Petey foi encontrado por uma moradora amarrado a um poste do lado de fora de uma loja de donuts (uma espécie de sonho em formato de rosca típico dos EUA) e o levou a um veterinário. Petey estava com verme, pulgas, infecção no ouvido, várias fraturas no rabo e ao rasparem seu pelo descobriram uma tatuagem em sua barriga. A tattoo é de uma gangue de uma das regiões da cidade.

tatuagem na barriga de Petey

tatuagem na barriga de Petey

Ele é um bom cão. Ele é tão amoroso e afetuoso“, diz Elizabeth chorando — que preferiu não revelar seu sobrenome por medo. O treinador de cães do serviço do Resgate ROMP, que está cuidando de Petey até ele ser adotado, suspeita que ele estava sendo treinado para ser “cão de isca” em rinha de cachorros. “Eles fazem o cachorro mais indefeso, dócil, de isca. Fecham sua boca com fita isolante e o jogam em um ringue para ser destruído pelos outros cães“, diz o treinador Randy à reportagem da CBS.

Se alguém tem amigos ou parentes em Los Angeles que possam adotar Petey, essa é a página dele no site do Resgate ROMP. Para fazer doações para os cuidados de alimentação e treinamento de Petey clique aqui.

Lembra? Já tínhamos publicado outra história de pit bull tatuado, esse pelo dono.

Compartilhe