Tatuar dói?

Compartilhe

Tatuar dói. A dor é algo inevitável, mas não dá para medir sua intensidade. A sensação pode variar de pessoa para pessoa e também de acordo com a região do corpo. Entretanto, dizer que não dói nada é uma grande mentira.

Muitas pessoas levam em consideração o fator dor na hora de escolherem um lugar para tatuar. Afinal, é fato que alguns lugares do corpo doem menos do que outros. Obviamente, isso varia de pessoa para pessoa, já que cada um é mais sensível em certas partes do que o outro. Um teste bastante simples que você pode fazer é beliscar a parte superior do seu braço e depois do “peito” do pé. Então você poderá comparar as duas dores e, provavelmente, irá perceber que o pé é mais sensível. Afinal, se trata de uma área que tem a pele mais fina, bem próxima ao osso e esse atrito pode fazer com que a dor seja mais intensa.

Lugares onde a probabilidade de dor é maior: Próximo aos órgãos genitais, parte interna da coxa, tornozelo, pés e mãos, no centro das costas, costelas, peito, parte inferior das costas, cabeça, rosto. Basicamente, são esses locais, mas pode haver outros.

Lugares onde a probabilidade de dor é menor: Locais como a parte externa da coxa, os braços, a barriga da perna, os ombros, etc., costumam doer bem menos do que os citados anteriormente.

tatuar dói

mapa de dor das tatuagens no corpo masculino

tatuar dói

mapa de dor das tatuagens no corpo feminino

Pode usar anestésico?
O uso de anestésicos é algo bastante sério, e só pode ser feito por médicos, por causa do risco que envolve. Uma pessoa alérgica, por exemplo, poderá sofrer sérios riscos incluindo de perder a própria vida. Alguns tatuadores podem até oferecer a opção clandestinamente, mas jamais aceite. O risco é realmente grande, sem contar que pode alterar a absorção da tinta na pele, prejudicando a qualidade do desenho.

Essas e outras informações no Mundo das Tatuagens.

Compartilhe